Quando devo pôr fim nas brigas de casal

Todo o casal briga, a maioria das discussões, geralmente começam do nada. De acordo com profissionais em psicologia, a origem é banal em mais de 50% dos casos, o que significa que um ” cisco ” no chão pode virar um motivo para o conflito ganhar uma grande proporção.

O fato é que as brigas desgastam a relação, pois nessas horas podem ser ditas palavras que magoam e criam uma situação que nem sempre são remediáveis.

Obviamente que em algumas situações, as brigas de casal têm um motivo mais forte, ou seja, uma razão que precisa do confronto para arrumar a bagunça entre ambos e resolver de uma vez por todas aquele assunto que está criando problema.

Não adianta jogar os problemas para debaixo do tapete, ignorar nem sempre é  a melhor solução, mas então, como resolver?

Briga de casal

Como lidar com as brigas de casal?

Zerar os conflitos é uma missão impossível, pois todo o relacionamento possui discussões e momentos onde um discorda do outro. É natural, pois não se trata da mesma pessoa e nem do mesmo modo de agir ou pensar.

No entanto, desrespeitar, apontar o dedo um na cara do outro, humilhar e magoar o parceiro só vai levar a relação ladeira abaixo.

De acordo com especialistas em relacionamento, a melhor forma de discutir um problema com o parceiro é ” focar no problema”, sem agredir a pessoa apontando os seus defeitos.

Esse é o melhor jeito de saber lidar com as brigas de casal sem desgastar a relação e culminar o fim do relacionamento.

Portanto, se o problema for  a roupa jogada no banheiro, não é necessário humilhar o parceiro apelando por xingamentos que ofendam a pessoa, basta apontar o acontecido em questão para tentar resolver sem baixaria e desrespeito.

Como encerrar uma discussão sem deixar rancor?

Para viver à dois, precisamos abrir mão de muitas coisas, em especial, saber reconhecer quando estamos errados.

É preciso respeitar o próximo até na hora discutir, pois tem palavras que ficam eternizadas, mesmo que o casal faça as pazes, elas podem voltar a tona a qualquer momento.

A melhor forma de não deixar isso acontecer, é lançar mão de querer ganhar sempre. É possível encerrar uma briga de casal sem machucar o próximo. Por exemplo:

  • As vezes você precisa engolir sapo, a mania de querer sempre ter razão, pode ser um grande problema para se relacionar com outra pessoa;
  • Não adianta querer mudar uma pessoa de hora para outra, dificilmente isso dá certo;
  • Ter paciência e auto controle ajudam a ter uma conversa mais proveitosa;
  • É preciso exercitar a tolerância;
  • Se tiver um conflito, resolva, não deixe para amanhã;
  • Ouça o que outro tem a dizer, jamais imponha uma opinião;
  • Acalme os ânimos, alguém precisa fazer isso;

A melhor forma de terminar uma discussão é ser respeitoso, é preciso ter uma briga construtiva, daquelas que se resolva o conflito e não que só sirva para humilhar o outro.

Como reduzir a incidência das brigas?

Existem diversos tipos de brigas de casal, algumas, culminadas pela convivência à dois, pois viver no mesmo espaço, nem sempre é muito fácil. Mas, outras, são causadas por situações adversas como:

  • Ciúmes;
  • Por causa dos amigos ou familiares;
  • Falta de atenção.

Todos esses tipos de conflitos podem ser evitados, com uma boa dose de dialogo entre o casal. De certo modo, as brigas fazem parte do relacionamento, entretanto, tanto o excesso como a ausência delas pode ser muito prejudicial.

Somente a conversa entre os dois pode reduzir o excesso de brigas, é importante que ambos se atentem o porquê estão discutindo, isso pode ser um sinal de que algo precisa ser balanceado na relação.

Fugir não é a solução, mas consertar o que está dando errado sim. Portanto, é preciso um olhar dos dois para discutir de forma civilizada o que está dando errado e o que pode ser mudado.

Fazendo isso, com o tempo, as brigas ganham outra entonação, o problema é discutido com mais respeito para que o diálogo  seja construtivo e não destrutivo.

Antes de brigar a toa com seu parceiro (a), pare e pense um pouco como dizer as palavras, cuide para não magoar a outra pessoa desnecessariamente.

Além disso, tem momentos que as brigas ocorrem devido a cabeça quente, portanto, é melhor esfriá-la antes de dar início a um confronto que certamente não vai levar a lugar nenhum, apenas cansar a relação.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply