O que os homens mais detestam durante o sexo? Como evitar?

Se você quer surpreender o seu parceiro na cama, nada melhor do que saber o que não fazer. Com estas dicas não precisará se preocupar com dar uma bola fora na hora H e arriscar dar um fim no tesão. Sem contar que, no longo prazo, as pequenas decepções na cama podem diminuir o apetite sexual do casal.

Coincidentemente, grande parte das coisas que os homens mais odeiam durante o sexo também é uma preocupação recorrente do público feminino. Talvez, isso seja um indício de que, independente do time que você joga, as regras do jogo são as mesmas.

o que os homens não gostam no sexo

1 – Falta de iniciativa

Não tem essa de que sempre o homem é que precisa dar o primeiro passo. A mulher também tem a sua vez de convidar para a relação sexual. O homem costuma gostar quando é ela que toma a iniciativa ou que tenta evoluir a conversa para o sexo. Se não sabe como fazer isso está na hora de aprender as nossas técnicas de sedução.

2 – Falta de entrega e espontaneidade

Por medo, baixa autoestima ou insegurança a mulher pode ficar sem saber o que fazer. Ficar parada ou só a espera do comando pode ser muito desestimulante, por isso, aproveite a relação sexual para também se entregar às suas vontades: mude de posição, peça para ir mais forte ou devagar, se permita sentir cada carícia.

3 – Voz infantilidade e apelidos

É de praxe: não tem homem que não broche ao perceber que o pênis dele está sendo tratado como um filhote de cachorro. Se você gosta de elogiar ou falar na hora do sexo saia da zona dos apelidos e voz infantilizada para as diry talks, soltar alguns xingamentos ou frases “calientes” aumenta a libido do homem. Para saber mais sobre o assunto confira o texto sobre conversas sacanas.

4 – Insegurança

Tenha atitude e certeza do que está fazendo: não precisa perguntar “vamos mudar de posição?” só faça. Quanto mais entrega você tiver na cama, mais o homem perceberá que você também está curtindo a relação. Não tenha medo – e nem vergonha – de se entregar, pois quanto mais o fizer, mais ele o fará também.

5 – Negociar benefícios

“Se você me chupar eu te faço uma boquete”. Sexo não é momento de negociação. Se você gosta de algumas coisas que seu parceiro não costuma fazer é preciso dialogar com ele antes da relação, isso também vale para a inclusão de brinquedos eróticos e outras inovações.

6 – DR depois do orgasmo

Depois do sexo é o momento para curtir o coração que ficou batendo forte, as pernas trêmulas ou a sensação de excito. Não estrague este momento com críticas ou pensamentos negativos -por mais que não tenha sido o sexo dos seus sonhos reclamar não vai torná-lo melhor.

Se tiver algum pedido a fazer ou estiver irritada porque ele gozou e você não tente dialogar com ele em outras oportunidades. Durante a relação você também pode tentar induzi-lo a fazer o que você gosta (isso é ter atitude!) puxando-o para lá ou para cá ou falando algumas besteirinhas no pé da orelha.

7 – Comparações

O homem tem baixa-autoestima por natureza, o assunto fica ainda pior quando se trata de sexualidade. Portanto, não tente compará-lo com outras pessoas (mesmo que seja um elogio). Colocar inseguranças neste momento podem fazer com que ele perca a libido e desvie o pensamento que estava focado na relação sexual para medos e inseguranças internas. Se isso acontecer, o desempenho dele diminuirá consideravelmente e o sexo acabará sendo ruim para os dois.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply