Falar sacanagem na hora do sexo é bom? Qual é o limite?

Mesmo quem gosta de transar calado não pode negar que falar sacanagem é uma boa estratégia de fazer a conversa evoluir para a transa. Mesmo na hora H algumas palavras podem tornar a relação ainda mais excitante. Mas é claro, precisa tomar cuidado para não sair uma abobrinha e fazer o tesão ir por água a baixo.

Como falar sacanagem na hora do sexo?

Há algumas pesquisas que mostram que quanto mais diálogo o casal tiver, maior será o prazer da relação sexual. Faz muito sentido, afinal, tem muita coisa que não dá para traduzir com o olhar.

Uma boa forma de treinar esta intimidade é conversando por mensagens ou então pessoalmente, mas sem que a relação sexual já esteja acontecendo. Diga o que você gostaria de fazer, fale sobre suas preferências: um “adoro quando você me toca” ou “desejava sua boca em mim agora” podem ser tão excitante quanto ver um filme pornô.

Isso sem contar que, quando mais informações você der sobre o que gosta e não gosta, maiores são as chances do seu parceiro(a) usar isso na hora H para te surpreender – e provavelmente conseguirá!

No entanto, esta conversa sobre sexo precisa acontecer numa via de mão dupla: se só um fizer pega mal. Cuidado na forma com que você vai introduzir isso na relação para não ofender a outra parte, use seu potencial de sedução para conquistar esta liberdade. Pense que tudo o que a outra pessoa quer é a segurança de que se entrar na sua onda não estará sendo ridícula.

o que falar na hora do sexo

Regras de como falar sacanagem na hora do sexo

Se você já passou da etapa principal (que é introduzir a sacanagem nas suas conversas)  está na hora de acelerar o processo. Abaixo, estão todas as regrinhas para levar em consideração durante a transa:

1 – Não invente qualquer coisa

Cuidado para não ser artificial. Falar qualquer coisa que venha à mente só para deixar o outro feliz não vai adiantar nada e o pior é que a pessoa vai perceber. Com certeza você já deve ter escutado a história de um amigo que se deu mal por conta disso, não é mesmo?

Tem o caso de uma mulher que estava ficando com um homem na balada. Quando ele achou que estava na hora de partir para as preliminares falou: “desse jeito você vai ter que me fazer uma peta”. O sujeito é motivo de piada até a hoje.

Outra história cômica é o exemplo ideal do que não fazer e como não pedir para que o outro fale uma sujeirinha. Imagine a cena: os dois estão transando quando o homem pede de supetão “me fala alguma coisa suja”. Eis que a moça solta “Nossa! melhor do que isso só seria se você tivesse dois pintos!”. Se soou mal para você agora imagine na hora H.

P.S: Se você também conhece uma história trágica deixe nos comentários para ensinar aos companheiros o que não fazer.

2 – Misture a sacanagem com afeto

Algumas pessoas podem se ofender com determinadas atitudes, portanto é preciso ir com calma naquilo que está fazendo.  Se for usar palavrões e xingamentos procure misturar com um pouco de afeto: as carícias aqui e ali são o suficientes para provar de que nem tudo o que está falando precisa ser levado para o lado literal.

Lembre-se que o bom sexo é aquele que mistura de tudo um pouco: amor, sacanagem, carícias, preliminares com penetração, e assim por diante.

3 – Espere a contrapartida

Nem todo sexo precisa ser sacana para ser gostoso. Identifique o que o seu parceiro ou parceira está querendo e tente se adaptar àquele momento. Forçar a barra pode fazer com que a pessoa perca o tesão e até a vontade de uma próxima rodada.

O que dizer de sacanagem?

Para não virar motivo de piada ou arruinar a chance de uma relação sexual tenha preparado suas frases preferidas, assim, se bater a insegurança você já sabe como corresponder. A revista Marie Claire fez um levantamento do que as mulheres e homens mais gostam de ouvir na hora do sexo, confira abaixo:

  • Ordens sobre o que o outro deve fazer: lambe aqui, morde lá, me beija, etc;
  • Dizer o que está sentindo;
  • Diga o que gosta. Exemplo: gosto quando você me beija lá;
  • Estimule o orgasmo: peça para ir mais forte, mais devagar, etc;
  • Use palavrões e xingamentos.

Compartilhe as suas experiências conosco nos comentários – pode ser em anônimo mesmo – com certeza o seu relato pode ajudar um próximo leitor a ter grandes ideias ou saber o que não fazer.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply