Como superar o fim de um relacionamento? Chega de Sofrer pelo Leite Derramado!

O término de um relacionamento nem sempre é fácil, leve e bem-resolvido. Há aqueles que terminam do nada, aqueles que vão empurrando os problemas com a barriga até que estouram, aqueles que são decididos por ambas as partes, e aqueles que são resolvidos pelo destino.

No meu caso, meu último namoro terminou por decisão conjunta (pelo menos o primeiro término – explicarei mais adiante). Eu queria estudar fora e, como já tínhamos tido experiências ruins com relacionamentos a distância, sentíamos que não iríamos funcionar assim. Mas meu mestrado não deu certo. Não mudei de cidade. E assim, acabamos saindo juntos novamente, mas sem namorar. Não deu certo. Empurramos nossas diferenças e nossos anseios acerca do namoro com a barriga até que o destino se encarregou (ou foi decidido por uma das partes) em nos separar. Uns dias depois do Natal, ele me disse que queria voltar.

Término de relação

Eu pedi para esperar um pouco mais, disse que eu precisava resolver outros pilares da minha vida primeiro. Ele não disse nada, mas saiu de casa com uma menina que conheceu no Tinder. Sorte ou não, eu o vi passeando com ela quando eu estava com minha família. O sangue subiu e eu fui atrás dele, mas não o encontrei novamente. Ele me ligou pedindo desculpas, dizendo que me queria. Mas já era tarde. Foi o suficiente para encarar a realidade de que não daríamos certo juntos.

Homens e mulheres geralmente reagem de formas diferentes a primeira fase do término. Enquanto eles assumem a solteirice, saem muito, se divertem em bares e baladas, aproveitam para dar em cima da mulherada novamente, as mulheres já caem na “bad”, choram muito, não aceitam o término, ficam procurando soluções e os “e se…”. Só depois de algumas semanas é que os homens entendem o que aconteceu e começam a se sentir mal, mas aí, na maioria dos casos, a mulher já superou.

Para mim, superar o relacionamento é aceitar o motivo do término. Por mais que doa no início, ter consciência do que causou seu fim é fundamental. Então chore, assuma que está passando por um momento difícil, que sente falta. Abrace a dor. Mas procure conversar sobre o assunto com amigos ou familiares, que te ajudem a não surtar pensando nos porquês e revivendo os momentos bons. Se tudo tivesse sido bom e perfeito, não teriam terminado.

Tente sair de casa, por mais que seja difícil assumir essa nova fase e o a cama seja o lugar mais confortável do mundo, saia! Procure fazer amizades, conhecer novos lugares na cidade. Evite frequentar os mesmos locais que iam juntos. Se ficar em casa, aproveite o tempo livre para colocar os filmes e séries em dia (de preferência, evite os românticos). Além de se distrair, eles te fazem crescer culturalmente e aumentar seu repertorio de assuntos para conversar com seus novos amigos (ou com os velhos que você já não via há tempos). No meu caso, até ouvir músicas acaba mexendo muito com minhas emoções. Portanto, evito as evito ao máximo nessa fase.

Outra saída é transformar o sofrimento em ação. Dedique-se aos projetos que foram deixados de lado por conta do relacionamento. Dedique-se ao seu trabalho (ou ao emprego que você quer conseguir). Agora você tem todo o tempo do mundo para focar em sua carreira e alcançar seus objetivos profissionais sem que alguém fique te questionando.

Cuide-se! Por fora e por dentro. Pratique exercícios físicos, além de liberarem endorfina, o hormônio da felicidade, ainda vão te ajudar a aumentar a autoestima! Academia e espaços para caminhada são excelentes para paquerar, pois estão cheios de pessoas bonitas e animadas. Volte a estudar, trace seus objetivos e vá fazer novos cursos ou aprender novas línguas. Afinal, talvez seja necessário para sua próxima viagem! Não há nada melhor para um coração partido do que viajar, pois você sai completamente da rotina em um lugar diferente, vendo pessoas totalmente desconhecidas.

Por fim, aprenda a preencher o vazio e a aceitar a própria companhia. Dê tempo ao tempo. O término pode dor, mas pode ser o empurrão que faltava para o próximo melhor capítulo da sua vida! Se apaixone pelo o que o imprevisível pode te trazer!


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply