Como Salvar um Casamento: Práticas Simples que Vão Te Ajudar a Não Terminar a Relação

Vários conflitos conjugais passam a ter enorme dimensão devido à incapacidade do casal ao diálogo e para apaziguar os ânimos. Cheios de emoções como a rejeição, raiva, ressentimento, cada um se fecha mais para si e ocorre o afastamento do casal. Sofrimentos difíceis ocorrem a partir desta situação. Os dois perdem bastante quando existe o isolamento um do outro, já que deixam de dividir a vida e a comunicação fica bloqueada.

Portanto, não há maneira de se entender e é neste caso que tantas pessoas estão, pois mesmo amando o parceiro ou parceira não entendem como ainda é possível salvar seu casamento. Se for a situação enfrentada, o importante é acreditar, é possível mudar tal realidade, e o ideal é tomar a iniciativa, não esperar que o outro o faça.

Tomar a Iniciativa para Salvar o Próprio Casamento

A dica para a pessoa que deseja salvar o casamento é não esperar que o outro busque a compreender, e sim procurar analisar o que sente e o motivo de várias vezes atuar de maneira para dificultar a situação entre os dois. Fazer um questionamento interior de quantas vezes atua e posteriormente se arrepende, o que o motiva, e quais os sentimentos que tem.

Cada indivíduo deve lembrar-se de que ninguém vai poder fazer para ele o trabalho que é dever do mesmo de autoconhecimento. Buscar a análise de qual o motivo do envolvimento com emoções prejudiciais, perceber que as mesmas não auxiliam para nada e também geram um círculo repetitivo bastante perigoso na relação que se vive.

Se não é sentida satisfação no próprio casamento, existem ressentimentos, e se a rejeição está envolvida, é muito provável que o próprio cônjuge esteja percebendo o mesmo fator.

 

Se Esforçar para Comunicação e Assertividade

Se o casamento se encontra na zona de risco, a ação de culpar o cônjuge não auxiliará em nada, e também aumentará a própria irritabilidade. Buscar balancear os pensamentos que tem, já que os mesmos se caracterizam motivadores das próprias ações, e a relação de amor tem sempre construção com a participação de ambas as partes.

Ao trocar os pensamentos hostis pelos pensamentos amigáveis se está favorecendo de maneira positiva, no caminho para harmonizar a relação. Afinal, se o relacionamento está em conflito ou sem harmonia, o diálogo é sempre necessário entre os dois.

Manter a Calma

Quanto mais complicado é o caso, mais é necessário que a calma seja mantida. As discussões, brigas, gritos, ou até o desprezo apenas piorarão ainda mais o que já está em conflito. Portanto, começar o processo para salvar o casamento é partindo da tranqüilidade nas próprias ações.

Mesmo na situação de existir a necessidade de criticar, é preciso agir através da afetividade. Não há quem goste de receber críticas, então procurar expressar o que está desagradando de maneira a não gerar qualquer espécie de humilhação.

O desejo deve ser expresso da compreensão entre os dois por meio de carinho e pedir que o próprio cônjuge ajude, já que este também deve participar do processo. Se há respeito dos dois, será possível o entendimento.

Retomar a Comunicação com Uso de Empatia

Buscar a retomada do diálogo, não aceitar qualquer espécie de provocação a um novo conflito ou briga. Conversar com o parceiro, no entanto, principalmente, ouvir o que este falar com intenção de compreendê-lo.

Várias pessoas apresentam bastante dificuldade para falar dos sentimentos que têm que terminam fazendo equivocadamente, no entanto, na frente de uma pessoa que tem disposição para entender, se desarmam e elas têm a coragem para expor o que na realidade lhes atinge à alma. A dica é compreender, tão simples assim.

Transformar a Si

Ninguém tem o poder de fazer alterações no parceiro, no entanto, pode e deve operar as mesmas em si. Assim, será possível inspirar o outro e ainda promover a alteração de necessidade para que exista harmonia entre os dois. Considerar que sentir a satisfação interior é mais importante do que ter a razão, e ninguém tem a razão em tudo.

Ao tomar a iniciativa para reconciliação, a pessoa vai se surpreender com a reação do outro, já que é muito provável que se trata do que o outro quer exatamente, no entanto, este não sabe como o fazer.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply